Conhecendo a Psicanálise 
 

Breve Histórico

Podemos dizer que a Psicanálise originou-se da hipnose, pois nos anos de 1880/82, o Dr. Josef Breuer cuidava de uma moça com graves sintomas de histeria.

Percebendo que muitos dos sintomas eram referentes ao período em que ela cuidava do pai enfermo; através de um estado de sonambulismo hipnótico, induziu esta moça a procurar ligações em sua memória e a revivê-las, sem contudo, inibir qualquer tipo de sentimento ou afeto surgido durante este processo.

Os sintomas desapareceram, mas Dr. Breuer não levou o assunto adiante e somente depois de mais ou menos dez anos, que retomou o assunto juntamente com Dr. Sigmund Freud.
Em "Estudos sobre a Histeria", de Breuer e Freud, é que esta descoberta foi publicada.

Verificando-se que um sintoma histérico poderia ser um substituto de um ato mental omitido em certa ocasião, a liberação do afeto extraviado junto com sua descarga pelo caminho normal, atingiria o resultado para a sua cura.

Contudo, este resultado não era permanente, então Freud substituiu a hipnose por um método de associação livre, desta forma não precisando levar o paciente a um estado hipnótico.
Assim criou a Psicanálise, cuja teoria é um corpo de hipóteses acerca do funcionamento e desenvolvimento da mente humana.

"A satisfação está no esforço feito para alcançar o objetivo e não em tê-lo alcançado." (Ghandi)